Queijadas de Sintra

Queijadas de Sintra

“A origem das queijadas de Sintra perde-se na época medieval. Desde o séc. XIII que há notícias à utilização destes bolos.

É a partir do século XVIII que começam a surgir as primeiras referencias a nomes de fabricantes que mais tarde acabariam por se tornar marcas registadas.

A indústria das queijadas de sintra nasceu, floresceu e amadureceu neste contexto de emergência do turismo e sob a égide do Romantismo.

As queijadas são pequenos bolos do tipo pastel preparados à base de queijo de vaca fresco, ovos, açúcar, farinha e aromatizados com canela.

1887

Qualquer passeio a Sintra incluía comer uma queijada, ou trazer no regresso um pacote como recordação.

Entre os escritores estrangeiros sabe-se que William Bekford e Lord Byron apreciavam as queijadas da Sapa.

Quando comemos queijadas de Sintra, quer seja em Sintra, quer seja noutro local, incorporamos essa representação mais vasta, da qual faz parte não só a vila e a região envolvente, mas também a venda ambulante e os contextos em que ela tem lugar.”

In Queijadas de Sintra, História de um doce regional (Raquel Moreira)